terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Everything is gonna be alright - Capitulo 8

"Have you been drinking to take all the pain away? I wish that I could give you what you deserve." - Justin Bieber


Leia ouvindo a musica 28 da playlist.

Justin ON

1 semana se passou e nós não nos falamos nem nos vimos. Eu estava horrível, pior que antes. Era um tipo de abstinência. Eu não queria estar assim, mas a gente não manda nos sentimentos. Eu não estava aguentando mais ficar sem ela. Ela que da vida aos meus dias, quero dizer dava. Eu preciso ouvir sua voz para sorrir, e eu preciso sorrir. Eu estava de um jeito que eu nunca havia estado antes. Eu estava perdido, eu estava confuso... "Não há nada como nós, não há nada como eu e você juntos através da tempestade." Isso podia dar uma musica, mas eu não estava com cabeça pra compor. Eu só anotei essa frase no meu iPhone e voltei a pensar... E a chorar.
Até que eu parei de chorar e meio que por impulso eu saltei da cama, eu precisava viver. Ou pelo menos tentar.
Eu desci e peguei minha bicicleta. Eu só percebi que estava chovendo quando eu cheguei na porta. Mas eu não liguei e saí.
Eu dei várias voltas pelo bairro. E quando eu passava na frente da casa da Ju... Me dava um aperto no coração. Será que ela estava lá? Será que ela estava pensando em mim? Não se iluda Justin, você não sabe o que passa na cabeça dela.
Na terceira volta eu resolvi ir pra casa.
Cheguei em casa, troquei de roupa e fui até a cozinha, peguei uns doces e um refrigerante e fui pra sala assistir basquete.
Eu definitivamente não conseguia prestar atenção no jogo. Juliana Storch dominava meus pensamentos de um modo inexplicável. Eu estava ficando louco. Ela costumava fazer meu dia. Ela é perfeita. Ela é tudo que um homem deseja, que eu desejo. Ela consegue ser o motivo do meu sorriso e também das minhas lágrimas. Ela me deixava louco, ela me deixava perdido... Perdido de amor, perdido de paixão.
Eu cansei de "ver" esse jogo, então desliguei a TV e fiquei olhando pra tela preta. Eu estava definitivamente perdido. 
Estava chovendo, chovendo forte. Estava frio também. Eu conseguia ouvir nitidamente o barulho da chuva e do vento batendo nas janelas.
Eu resolvi subir pro meu quarto e tentar dormir, mas minhas tentativas foram em vão.
Uns 20 minutos depois, eu senti meu celular vibrar. Era uma mensagem... Da Ju. Eu estremeci. Estava escrito: "Se você estiver acordado, por favor abra a porta. Esta chovendo muito aqui fora."
Eu não exitei, desci correndo as escadas e fui abrir a porta.
E lá estava ela, linda como sempre.
-Oi. - ela disse, meio triste.
-Ju... - eu disse.
-Me desculpa. Eu sou horrível, eu sou um monstro. Eu não devia ter feito aqui com você, eu sou...
Eu a interrompi com um abraço. Ela correspondeu. Foi um abraço verdadeiro.
-Ju, você ta muito molhada... - eu disse, soltando-a.
-É que ta meio que chovendo bastante... - ela disse com um sorriso lindo no rosto.
-Vem ca. - eu disse segurando a mão dela e a levando para o meu quarto.
Ela estava tremendo.
-Toma, vista isso. - eu disse estendendo a mão com uma das minhas camisas.
-Não precisa... - ela respondeu, ainda tremendo.
-Você ta tremendo, vista logo.
Ela pegou a camisa e foi em direção ao banheiro.
Enquanto ela se trocava eu me joguei na cama e fiquei pensando. Ela veio, ela esta aqui.
-Pronto. É um pouco grande, mas tudo bem. - ela disse saindo do banheiro e sorrindo.
-Você está... linda. - eu disse, também sorrindo.
-Você e seus falsos elogios haha.
-Shiu! Vem aqui do meu lado.
Ela veio caminhando e se sentou do meu lado na cama.
-Justin... Eu preciso te explicar algumas coisas. - ela disse, agora sem o sorriso no rosto.
-Não, não precisa. - eu respondi.
-Preciso sim, me escuta. Por favor.
-Ta bom então... Eu escuto.
-Justin, eu fui horrível com você... Eu não devia ter feio aquilo. Você não sabe, mas quando eu te vi chorando a minha vontade era de sair correndo e te abraçar. Mas eu não sabia o que estava sentindo e não queria te iludir ou coisa do tipo. Sabe... Essa semana eu só saí de casa para os ensaios. O resto do dia eu passava jogada na cama e pensando o quanto eu fui má. E eu não me orgulho disso. Eu senti saudade e nesse tempo eu percebi que eu preciso de você... Preciso de verdade. Mas eu não sei se você ainda me quer, depois do que eu fiz... Mas se não quiser, eu entendo. Eu fui uma idiota.
-É claro que eu te quero, quero mais que tudo, mais do que eu já quis alguém na minha vida. - eu disse isso sentando na frente dela e colocando suas pernas na minha cintura. - Eu posso te dar o que você precisa, eu posso te dar tudo. Eu sei que a sua vida não é fácil, mas eu estou disposto a te ajudar. Eu estou aqui, e sempre vou estar... Por você, por nós.
-Justin... Eu te amo! - ela disse se aproximando mais de mim.
-Eu te amo mais. - disse selando nosso lábios e depois a beijando de verdade, intensamente.
-Eu não mereço você, eu sei disso. Mas ao mesmo tempo, eu não consigo viver sem você.
-Eu que não mereço você Ju... Eu que não mereço... - eu disse olhando no fundo dos seus olhos.

E eu definitivamente não a merecia, mas eu precisava dela mais que tudo.

-------------------------------

Oi meus amores. Postei rápido dessa vez, não me batam haha
Ah, hoje lança Believe Acoustic UHUUU kk
Bom... Espero que tenham gostado.
Continuo com pelo menos 2 comentários u.u
Beijos <3
By: @oldkidrauhl

5 comentários:

  1. maravilindo ! poste logo sua linda !

    ResponderExcluir
  2. nossa ta muito bom, sério ! haha

    ResponderExcluir
  3. Selinhos pra vc amor http://meunomebelieber.blogspot.com.br/2013/02/selinhos.html

    ResponderExcluir
  4. ai por favor eu implooro posta! já faz um tempão que você num posta eu amo sua IB ela é perfeita, é verdadeira, eu meio que não sei explicar por favor posta! e me avisa

    ResponderExcluir
  5. hey lê e comenta a minha ib pfvr ? http://swagswagswagonyoujerry.blogspot.com.br/ obg!

    ResponderExcluir